Quinta-feira, 21 de Julho de 2011
Stefano Scarpetta, director adjunto do Emprego, Trabalho e Assuntos Sociais da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE)explica o que é urgente fazer para evitar uma geração perdida de jovens desempregados.
De acordo com a OCDE o forte impacto da crise económica no mercado de trabalho obriga os governos a um esforço no apoio financeiro aos desempregados na procura de emprego, mas também incentiva os jovens a procurar, em período de crise, mais formação que lhes permita aumentar a sua competitividade através da aquisição de competências reconhecidas pelo mercado de trabalho. A OCDE recomenda ainda a promoção por parte dos governos de estágios profissionais por forma a promover a transição entre o sistema de ensino e o mercado de trabalho. 


publicado por Rui C Pinto às 10:26 | link do post | comentar

1 comentário:
De DS a 6 de Agosto de 2011 às 17:02
Parece que depois do Sócrates ter saído do governo,continua a fazer estragos pelo resto do mundo, USA, Itália, Espanha, Dinamarca e outros que se seguirão.
Não há nada melhor que atirar areia aos olhos do "pagode". Não interessam os meios para se conseguir os fins. Esta é a vossa política de mentira.Assim se enganam os incautos. Parabéns! Conseguiram ludibriar quase 50% do eleitorado português. É um feito que poucos se não se conseguem vangloriar.


Comentar post

mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


posts recentes

Desemprego juvenil é inac...

Agir agora, para evitar u...

“Um murro no estômago na ...

Desemprego jovem

Incidencia de desemprego ...

"Jovens enfrentarão desem...

Artigo de opinião: "Que q...

Os jovens e o desemprego

"Os jovens são os que mai...

Este é o panorama actual

arquivos

Setembro 2011

Julho 2011

Maio 2011

Abril 2011

tags

banca

desemprego

factos

rating

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds